No Bairro do Aleixo

quinta-feira, junho 02, 2005

Antologia.

O Pedro, o Joquinha, o Ruquinha, eu próprio, o Brocas e mais alguns ilustres habitantes do Bairro decidiram gravar uma compilação de homenagem ao Bairro do Aleixo: Aleixo on the move – 2005.
Entendemos por Bairro do Aleixo esse imenso território que vai desde Coina, no Alentejo, até Ushuaia, na Terra do Fogo, e que já foi pisado por algum aleixoense (este termo é uma citação das preciosas notícias na imprensa diária).
A Comissão de Moradores, Traficantes, Consumidores e Outros Negociantes do Bairro do Aleixo já aprovou esta colectânea e garantiu parte significativa do financiamento necessário para a sua edição.
.
A lista das canções escolhidas para o primeiro volume deste êxito nacional é a seguinte:
1. Xico Fininho, Rui Veloso: porque a Cantareira não é longe do Aleixo e ele vinha cá comprar os seus pacotes. Sugestão do Joquinha.
2. O Corpo é que paga, António Variações: a sugestão foi do Brocas, depois do Joquinha ter sugerido a anterior.
3. I’m getting sentimental over you, Jimmy Scott: porque o Pedro gosta de fumar charros a ouvir Jimmy Scott.
4. Cry (if you want to), Holy Cole: porque o Pedro gosta de fumar charros a ouvir Holy Cole.
5. Erva daninha alastrar, António Variações: porque o António lá de baixo sabe a letra de cor.
6. Desaperta-me o coração, autor desconhecido: porque o Jim Louco Por Ti curte a canção.
7. Unchain My Heart, Ray Charles: porque o Jim Louco Por Ti aportuguesou a canção.
8. Hit the road Jack, Ray Charles: porque tanto o Ray como o Jack davam nela e o Jack finou-se há alguns anos e temos saudades dele.
9. Heroin, Velvet Underground: só o Tozé é que curte a música, mas podia ser usada num spot promocional. O Brocas hesitou na aprovação.
10. Jeremias, o fora da lei, Jorge Palma: porque alguém sugeriu, o Ruqinha é fã e nós aceitamos, mesmo sendo de um ex-alcoólico que não nos interessa minimamente.
11. Future, Leonard Cohen: porque a Michele traz sempre uma citação desta canção ao peito.
12. Ne me quittes pas, Jacques Brel, mas cantada pela Nina Simone: porque ela é a maior, porque o Brocas se passa quando a ouve e porque o Joquinha não a pode ouvir. 13. Cinema Olympia, Caetano Veloso: porque foi a minha sugestão.
14. Je t’aime... moi non plus, Serge Gainsbourg com Brigitte Barbot: porque faz bem ao espírito e a algumas vidas sexuais.
.
As escolhas para o primeiro disco ficam por aqui. Lamentavelmente, não há espaço neste volume para inserir nenhum tango, nem nenhuma das sugestões do Ruquinha. No próximo volume resolveremos esta falha.
Na parte final do encontro, o Brocas desatou ao murro ao Joquinha, que se recusou a fazer parte do grupo que vai escolher as canções para o próximo volume. Só problemas para resolver. O Bairro do Aleixo está cheio de pessoas com a sensibilidade à flor da pele.

2 Comments:

  • O primeiro volume tem protecção contra copias ilegais , no Aleixo não se permite a pirataria.

    Como promoçaõ de lançamento serão oferecidos 100 Cds aos cliente, que comprem seis ou mais panfletos nas lojas autorizadas .

    Este volume terá um remake das vozes do Bairro, inclui a versão aportuguesada do single Cocaine de Eric Clapton(e), com a participação especial do Sr. Lima Martelo bem como da Sr.ª D. Rosa.

    O cd estará à venda nas torres habituais

    - um terço das receitas revertem a favor dos fiscais da C.M Porto , o restante será usado na construção de uma nova esquadra de policia nas imediações do Bairro -

    ---

    Entretanto os media contestam a escassa participação de Ruquinhas e obviamente do seu idolo, no disco ... é ate inadimissivel segundo alguns moradores que ele não venha participar no segundo volume, até porque ele não era bem um alcoolico era um poeirento encharcado
    - para os Moradores sem a musica do rukinhas é impossivel criar um bom ambiente no bairro

    By Anonymous Jim o cara de pau, at 12:50 da manhã  

  • Bem,
    Há aqui alguns dados que carecem da aprovação da editora e da Comissão... mas a questão será analisada, nomeadamente no que diz respeito à inclusão de remakes das vozes do Aleixo e da versão do Cocaine.

    Em relação ao Ruquinhas: o seu ídolo estará presente no próximo volume. Uma presença significativa. De resto, quem se recusou a participar nas escolhas do próximo volume foi o Joca das Claquetes e não o Ruquinha. O Joca é que não se dá com o Brocas... mas isso é outro assunto.
    Até sempre.

    By Anonymous Hélder, at 2:15 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home